COMUNICADO OFICIAL DA PRESIDÊNCIA DA ABO-RJ
 
É lamentável, mas no último sábado (01/04/2017) o SESC-RJ efetivamente fechou o serviço odontológico em quatro das sete unidades do Rio e Grande Rio, ou seja, mais de 50% desse serviço deixará de existir. Os usuários do comércio e seus dependentes não mais poderão contar com tratamento dentário nas unidades de Ramos, Niterói, São Gonçalo e Nova Iguaçu. A ABO-RJ lamenta profundamente o ocorrido, pois o serviço de Odontologia do SESC-RJ, ao longo de mais de quarenta anos, presta atendimentos de excelência reconhecidos pela sociedade, pelo poder público e pelas entidades de classe, tanto que o SESC-RJ já foi parceiro da ABO-RJ em vários congressos internacionais (CIORJs), como também já recebeu o prêmio “Notáveis da Odontologia”. Certamente os usuários do comércio dessas regiões ficarão desassistidos já que dificilmente terão condições de se deslocar de seus locais de trabalho para fazer tratamento em uma unidade distante. Infelizmente, esses serão os que mais sofrerão justamente num momento em que o serviço público não consegue suprir uma demanda tão grande. ABO-RJ se mostra muito preocupada com a falta de assistência odontológica no Estado, já que o fechamento de serviços do SESC-RJ não vem de agora, haja vista que num passado recente este serviço também foi encerrado em Petrópolis, Campos dos Goytacazes, Campo Grande e Tijuca. Assim, a partir de agora, todos os usuários do Estado terão apenas as unidades do centro da cidade, de Madureira e de São João de Meriti para cuidarem da sua saúde bucal. A ABO-RJ também lamenta a demissão em massa de dezenas de funcionários, entre cirurgiões-dentistas e ASBs, que ocorreu em um único dia. Todos estes profissionais, como os que já passaram pelo SESC-RJ em todos os anos, são reconhecidos pela competência e pelo compromisso com a qualidade técnica dada a excelência que o serviço exigia. Assim, oficialmente, a ABO-RJ se solidariza com estes profissionais, já que os recursos do SESC-RJ provêm da contribuição paga pelos empresários do comércio de todo o Estado e, indiretamente, pela sociedade de um modo em geral.

Rio de Janeiro, 04 de abril de 2017.

Ivan do Amaral Pereira (CD) - Presidente da ABO-RJ